Abstract City Lights

Os Descomplicados 

Dunamis Cor é um belo representante do extremo sul do Brasil.

 

Sua origem é a Campanha Gaúcha, fronteira com o Uruguai, região hoje reconhecida como uma das melhores do país para se produzir vinhos devido ao seu clima mais frio e seco. Tanto é que conquistou o status de Indicação de Procedência, creditando mais valor e regionalidade ao vinhos de lá.

 

A Dunamis é uma vinícola jovem, com vinhas plantadas em 2002, e elabora vinhos despretensiosos, sem esnobismos. Tem como filosofia 'simplificar, facilitar, descomplicar'.

O vinho do nosso kit de junho é um blend tinto, ou seja, foi elaborado com mais de uma casta. Nesse caso, temos 50% Merlot, 40% Cabernet Franc e 10% Cabernet Sauvignon.

 

Feito com uvas da safra 2016, o vinho estagiou durante 6 meses em barricas de carvalho americano, o que o deixa macio e delicado, muito fácil de tomar.

É um vinho leve, de baixo álcool e que pode ser apreciado tanto em dias frios, como também no calor.

Se quiser combiná-los com comida, aposte em carnes vermelhas, massas com molho bolonhesa e queijos levemente maturados, como Alagoa, parmesão de casca preta, entre outros.

Quinta de São Sebastião é um projeto novo, iniciado em 2007, que busca reinserir a região de Arruda dos Vinhos no mapa da vitivinicultura de Portugal.

É uma região secular na produção de vinhos, que acabou esquecida no tempo, e agora busca recuperar sua tradição produzindo vinhos de ótimo custo-benefício.

Dizem que por debaixo de cada quinta (vinícola) em Arruda dos Vinhos há uma vila Romana. São testemunhos da presença dos romanos nesta região, reflexo de suas paixões pela bebida de Baco.

 

Este vinho tinto é também um blend de 3 castas: Syrah, Castelão e Touriga Nacional, sendo essas 2 últimas uvas típicas e bastante tradicionais em Portugal. O vinho não é envelhecido em barrica.

É um vinho para ser consumido agora ou no próximo ano, não precisa guardá-lo para ser envelhecido.

 

Pode ser apreciado com os pratos do dia-a-dia como bife, arroz e feijão, pizzas, massa ao sugo, e vai muito bem com queijos duros.

# DICA DA CLAUDIA

Para melhor aproveitar seus vinhos tintos, eles não precisam ser consumidos gelados. Na verdade, o frio em excesso vai deixar seu vinho tinto muito adstringente, causando uma sensação desconfortável de "amarrar a boca" (como um caqui verde).

Assim, basta resfriá-los na geladeira por cerca de 30 minutos antes de consumir.

Deixe sua mensagem aqui
  • Grey Facebook Ícone
  • Grey Instagram Ícone
np_iphone_2290305_671E3A.png

+55 11 95369-7513

np_email_1569998_671E3A.png

claudiamelowines@gmail.com